Como saber se o seu freio está ruim

Como calibrar os pneus dos carros

O pneu perde parte da calibragem por causas naturais, normalmente em torno de 1 psi (0,076 bar) por mês. A perda de calibragem pode ser acelerada através de vazamentos de ar devido aos seguintes casos:

  • um furo acidental
  • pela válvula que precisa ser trocada a cada troca de pneu
  • através da tampa da válvula, essencial para garantir vedação hermética.
  • pela roda, que deve ser limpa a cada instalação de pneu.

É fundamental seguir as orientações da fabricante do veículo ou do pneu, principalmente ao que se diz respeito referente às condições de uso (cargas/velocidades, etc)

É recomendável a verificação da calibragem quando os pneus estiverem frios, ou seja, que tenham sido usados a mais de 2 horas ou que percorreram menos de 3 km a baixa velocidade.

Caso os pneus estejam quentes quando forem verificados, adicione 4 a 5 psi (0,3 bar) à calibragem recomendada pela fabricante do veículo. Feito isso, repita a verificação da calibragem quando os pneus estiverem frios.

Nunca esvazie um pneu quente.

Mesmo que os pneus sejam inflados com nitrogênio, a calibragem e a condição geral ainda assim precisam ser verificadas com frequência.

Como verificar a calibragem dos pneus

Inserir o calibrador na haste da válvula do pneu.

Em seguida, ele irá apitar e mostrar um número correspondente à calibragem interna do número psi.

O som escapando do pneu não deve afetar a calibragem de forma considerável, a menos que você mantenha o calibrador apertado por muito tempo.

Comparar o psi medido com o psi recomendado.

Caso o psi esteja acima do número recomendado, deixe o ar sair até que os números coincidam. Se estiver abaixo, adicione ar até atingir o número adequado.

Onde encontrar a calibragem recomendada para os meus pneus

No manual do proprietário do veículo.

Em uma etiqueta na porta do motorista ou na porta do tanque de combustível.

Não usar o número indicado no flanco do pneu, pois não indica a calibragem necessária para o seu pneu.

Quanto aos calibradores, é importante ter cuidado ao usar um calibrador de posto de gasolina, pois eles não são muito confiáveis. Além disso, ao comprar um calibrador de alta qualidade, deve-se verificar sua precisão com um profissional de pneus.

Pneus com calibragem insuficiente ou excessiva tendem a se desgastar mais rápido do que o previsto, reduzir a aderência e consumir mais combustível. São necessários apenas alguns minutos por mês para ajudar a garantir não apenas a sua segurança, mas também, a longevidade dos seus pneus.

Ao manter seus pneus com a calibragem correta, você reduz seus custos de manutenção. Os pneus com calibragem insuficiente são mais propensos a sofrer um superaquecimento, pois consomem mais combustível e desgastam-se mais rápido. Dessa mesma forma, a calibragem excessiva pode reduzir a vida útil do pneu, reduzindo a aderência e, consequentemente, causando problemas de controle do volante.

Quanto ao desgaste, um pneu com calibragem 20% abaixo do recomendado pode render até 20% a menos de quilometragem. Isso equivale, em média, a uma perda de 8.000 km em uma possível quilometragem de 40.000 km. Por outro lado, a baixa calibragem dos pneus aumenta o consumo de combustível e as emissões de CO₂.

As vantagens em utilizar o nitrogênio

O nitrogênio é simplesmente ar seco sem oxigênio. O ar contém quase 79% de nitrogênio. Ele é utilizado na maioria dos pneus, onde é preenchido com ar comprimido. Porém, em algumas lojas de pneus, o nitrogênio passou a ser colocado nos pneus. 

O nitrogênio e o ar comprimido podem ser misturados e a maioria dos pneus pode ser inflada com ar ou nitrogênio, desde que as calibragens recomendadas pela fabricante do veículo sejam respeitadas.

Quanto ao nitrogênio, quando ele substitui o oxigênio, menos ar consegue escapar dos pneus, e a calibragem permanece alta por mais tempo.

Já em relação às inspeções, outras possíveis causas de vazamentos como, por exemplo, interface pneu/aro, válvula, interface válvula/aro e a roda, significam que não há garantia de manutenção da calibragem seja com ar ou nitrogênio. A calibragem e a condição geral do pneu ainda precisam ser verificadas com frequência.

Válvulas

Elas devem assegurar a manutenção da calibragem adequada do pneu e impedir a entrada de umidade no pneu.

A tampa da válvula tem importância especial para ajudar a impedir que partículas de poeira obstruam a válvula. Por isso, recomenda-se o uso de tampas de alta qualidade. Geralmente são feitas de borracha e, portanto, envelhecem.

Podem ser danificadas por altas velocidades, causando o vazamento do ar dos pneus. Além disso, devem ser trocadas sempre que comprar pneus novos.

Pajé Amortecedores sempre com você!