Como saber se o seu freio está ruim

Atualmente, os veículos com direção hidráulica são os mais procurados no mercado por terem uma direção mais confortável do que a mecânica. Apesar disso, muitos proprietários deste tipo de veículo ainda não sabem quando realizar a troca de óleo na direção hidráulica. Se este é o seu caso, esse artigo irá te ajudar a entender o que fazer!

Geralmente, os motoristas só costumam buscar ajuda especializada quando a direção do carro já está apresentando falhas. No entanto, muitas das vezes, o problema está relacionado a algo muito mais simples: a troca de fluidos.

Há algumas ocasiões em que é fácil descobrir se o carro está precisando realizar a troca de direção hidráulica, como, por exemplo:

  • Em carros que rodaram de 30 a 50 mil quilômetros
  • Direção muita pesada
  • A cada dois anos de uso, mesmo que a quilometragem citada acima não tenha sido alcançada

Peças que formam o sistema de direção hidráulica

O óleo da direção hidráulica precisa ser substituído para que, nos veículos mais leves, toda a estrutura esteja devidamente lubrificada. Para isso, há componentes de extrema importância que precisam do óleo da direção hidráulica para que funcionem corretamente. São eles:

  • Reservatório de óleo
  • Caixa de direção
  • Tubulação de alta pressão
  • Tubulação de baixa pressão
  • Direção tipo pinhão e cremalheira

E por que é necessário trocar o óleo da direção hidráulica?

Deixar o óleo da direção hidráulica em bom estado mantém a direção mais leve e garante uma boa rotação do volante. Por esta razão, a cada 30 ou 50 mil quilômetros rodados, dependendo do modelo do veículo, a troca do fluido precisa ser realizada.

Essas informações ficam disponíveis no manual do proprietário.

Funções do óleo da direção hidráulica

  • Favorece a rotação do volante, deixando a direção hidráulica mais leve e confortável
  • Garante boa dirigibilidade devido à lubrificação dos componentes do sistema
  • A caixa de direção fica mais leve e estável, além de deixar o sistema bem mais macio
  • Mantém a temperatura interna correta, evitando o superaquecimento do sistema
  • Evita o desgaste precoce das peças
  • Proporciona o auxílio hidráulico da caixa de direção, ajudando a controlar a temperatura dos elementos que compõem a caixa de direção
  • Apresenta maior durabilidade do que o óleo do motor

Qual tipo de óleo é o ideal para o seu carro?

Há dois tipos de óleo de direção hidráulica que você pode escolher: o sintético e o mineral. Os dois fluidos são diferentes. Enquanto o sintético apresenta uma cor esverdeada, o mineral possui uma aparência avermelhada.

No entanto, neste ponto, é preciso fazer uma orientação muito importante: estes dois tipos de óleo não podem ser misturados.

A maioria dos carros com direção hidráulica fabricados no Brasil levam o óleo mineral. Para que não ocorram erros e possíveis problemas diante de uma escolha indevida, o recomendado é verificar qual é o tipo de fluido que deve ser usado em seu veículo. Essa informação também pode ser encontrada no manual do usuário.

Se o óleo da direção hidráulica estiver invertido, as borrachas que fazem parte da estrutura ficam muito desgastadas. Portanto, esteja atento na hora de realizar a troca!

Pajé Amortecedores sempre com você!

É importante lembrar-se de fazer a manutenção preventiva do seu veículo, para analisar, também, o funcionamento de outras peças e assim, manter-se sempre seguro na estrada. Em caso de dúvidas, possuímos um time especializado e pronto para te ajudar.

Equipe Pajé Amortecedores

Estamos prontos para atender os mais variados veículos do mercado, do mais simples ao sofisticado, do nacional ao importado. Venha conferir: profissionais qualificados e garantia das melhores peças e serviços em um só lugar. Há mais de duas décadas no Rio de Janeiro, a Pajé Amortecedores e Pneus conquistou a confiança da clientela pois presta os melhores serviços e trabalha com as melhores marcas.

Compartilhe esse post!